HOME    |    EMPRESA    |    SOLUÇÕES    |    CLIENTES    |    NOTÍCIAS    |    FAQ    |    PARCEIROS    |    CONTATO
    Sábado, 23 de Setembro de 2017    
 

- Decreto do cadastro positivo protege consumidor

MN terá ainda que aprovar uma resolução para definir como os bancos vão passar a informação do histórico de crédito para as empresas

O diretor de programas da Secretaria Executiva do Ministério da Fazenda, Esteves Colnago, disse nesta quinta-feira que a regulamentação do cadastro positivo tem cuidado com proteção ao consumidor. Segundo ele, o Conselho Monetário Nacional (CMN) terá ainda que aprovar uma resolução para definir como os bancos vão passar a informação do histórico de crédito para as empresas que fornecem o cadastro positivo. Ele disse achar muito difícil que a resolução seja aprovada na reunião deste mês.

Segundo Colnago, o entendimento do Ministério da Fazenda era de que não seria preciso o decreto, mas os envolvidos com o cadastro positivo pediram a regulamentação. O decreto, explicou, entra em detalhes das condições de funcionamento dos bancos de dados e acesso às informações. "O cadastro positivo não pode ser confundido com o negativo", disse. Segundo ele, no máximo cinco empresas têm condições de atender a regra de patrimônio mínimo de R$ 20 milhões.

Ag. Estado


Mais Notícias

 
   
   

HOME    |    EMPRESA    |    SOLUÇÕES    |    CLIENTES    |    NOTÍCIAS    |    FAQ    |    PARCEIROS    |    CONTATO

Rua Conselheiro Lafaiete, 2003, Loja 4, Bairro Sagrada Família - Belo Horizonte - MG - CEP 31035-560 - Alfa Fiscal Ltda. Todos os direitos reservados.